Ligue e faça sua Reserva: (62)3506-4394
Whatsapp (62) 99234-6221
Rua Rocha Lima, n° 28, Setor Santo Onofre, Trindade-GO / Veja o Mapa
Pontos Turísticos

Pontos Turisticos

PONTOS TURÍSTICOS

Conheça agora alguns dos locais mais visitados pelos romeiros em nossa cidade. São algumas de nossas belezas que vocês ao visitarem a Cidade de Trindade não podem deixar de conferir.

Museu da Memória de Trindade

O museu foi fundado em 1998 e está instalado em um prédio construído em 1912. O acervo é composto de fotografias de momentos históricos para o município, obras de artistas trindadenses e que retratam os primeiros milagres após a descoberta do Medalhão. Objetos, móveis de época e documentos históricos também compõem o acervo. Fica na Av. Major Manoel Alves, esquina com rua 16 de Julho no Setor Oeste.

Parque Municipal e o Carreiródromo

Ambiente público criado para descanso, prática esportiva, eventos de grande porte, lazer familiar e meditação. Espaço com muito verde, belos lagos, fontes, monumentos artísticos, vista agradável, parquinho infantil, pista para caminhada e passeios de bicicleta. Um lugar perfeito para nos unirmos às belezas advindas do Pai Eterno. O Parque Municipal ainda abriga o Carreiródromo, que é um espaço destinado para o tradicional Desfile de Carros de Bois que ocorre durante a Festa de Trindade, classificado no Guinness World Records como o maior do mundo.

Vila São Cottolengo

Desempenhando seu papel complementar ao poder público nas áreas da saúde, educação e assistência social, a Vila São Cottolengo cumpre, há 60 anos, sua missão de promover vida com qualidade à pessoa com deficiência e em situação de vulnerabilidade social.
Criada em 1951 por Pe. Gabriel Campos Vilela, missionário Redentorista, para servir de abrigo a moradores de rua, a Vila São Cottolengo constitui hoje a mais tradicional instituição filantrópica do Centro-Oeste. Atualmente é administrada pelos padres redentoristas e pelas Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo.
Superando desafios, conseguiu sobreviver com mérito como uma resposta aos graves problemas sociais que sempre acometeram nossa sociedade tão carente da assistência digna e de serviços especializados.  Investindo em qualificação, a Vila São Cottolengo especializou e ampliou sua assistência para garantir serviços com padrão de qualidade, sem distinção de pessoa.
A Vila São Cottolengo é reconhecida como hospital de referência na atenção à saúde da pessoa com deficiência física, auditiva e de reabilitação. Possui 403 leitos de longa permanência e assiste em tempo integral, pacientes crônicos com deficiências múltiplas, os chamados moradores da Vila. Mantém ainda centros médico, diagnóstico, cirúrgico, odontológico e terapêutico.

Painéis da Rodovia dos Romeiros entre Goiânia e Trindade

Ao longo da Rodovia dos Romeiros (GO-060), que liga Goiânia a Trindade, estão instalados 14 painéis, distribuídos em sete estações, que retratam a vida, paixão e morte de Jesus Cristo. Contextualizados ao cenário local, todos eles mostram a menina Leide das Neves, vítima do acidente radioativo com o Césio 137, ocorrido em Goiânia em 1987, na formação das imagens. Cada painel mede 10 metros de largura por 4 metros de altura e é composto por uma estrutura de concreto e alvenaria. Construídos aos pares, eles são interligados de forma a sugerir a formação de um altar. Eles compõem o caminho de peregrinação de romeiros desde 1988, quando foram construídos. São muito utilizados para descanso e meditação durante a caminhada entre as duas cidades. Originalmente pintados com tinta acrílica, os murais foram substituídos, em 2010, por mosaicos de cerâmica e concreto em alto relevo, com revestimento emborrachado, obedecendo rigorosamente as características da criação inicial. Todo o trabalho, desde a instalação às adequações, foi realizado pelo artista plástico goiano, Omar Souto.

Igreja Santíssimo Redentor – Padre Pelágio

Do Santuário Basílica avista-se a igreja, construída em uma elevação de terreno. Lá estão depositados os restos mortais de Padre Pelágio. O templo foi inaugurado em 30 de maio de 2004. O destaque da Igreja Santíssimo Redentor está na beleza das imagens e do altar, com leveza da construção, e no ambiente que inspira piedade. Do alto da escadaria é possível ter uma vista panorâmica do centro da cidade.

Via Sacra entre a Basílica e a Igreja Santíssimo Redentor

A Via Sacra é um conjunto de obras de arte pintadas à mão, composto por 14 estações que retratam a paixão, morte e ressurreição de Cristo. As estátuas dos personagens bíblicos são em tamanho natural e estão dispostas na Av. Constantino Xavier, que liga o Santuário Basílica à Igreja Santíssimo Redentor (Padre Pelágio). O trajeto pode ser feito a pé.

Santuário Matriz do Divino Pai Eterno

A origem do Santuário Matriz do Divino Pai Eterno remonta a meados do século XIX. Por volta de 1848, fora construída a primeira capela coberta com folhas de buriti. Tempos depois, uma capela maior foi edificada às margens do Córrego Barro Preto. Uma terceira capela foi erguida em 1876. Já o primeiro Santuário do Divino Pai Eterno foi inaugurado em 1912. A igreja passou a ser mais conhecida como Santuário Velho, e atualmente é denominada Santuário Matriz e Paróquia de Trindade. Ao todo, 32 comunidades católicas compõem a Paróquia.

Santuário Matriz do Divino Pai Eterno

Em 1943 o arcebispo de Goiás, D. Emanuel Gomes de Oliveira, comemorou com os romeiros o Centenário da Romaria de Trindade, ocasião em que, para marcar o evento, fez o lançamento da pedra fundamental do atual Santuário Novo. Em 1955, apesar de todos os esforços, a obra ainda não havia saído dos alicerces. Com a criação e a instalação da Arquidiocese de Goiânia, em 1957, Dom Fernando Gomes dos Santos foi escolhido como primeiro arcebispo. Ele apresentou o projeto para construção do Santuário. A partir de 1974, já era possível a realização da novena e festa do Divino Pai Eterno no local. Mas só em 1994, iniciou-se a reforma do prédio, no intuito de possibilitar a ele a dignidade de ser chamado de Santuário do Divino Pai Eterno. Atualmente, o templo está ornamentado por 59 vitrais coloridos, além de outros 17 instalados na cúpula sobre o altar. Com todo o piso revestido por granito, possui ainda; uma secretaria, sacristia, copa, sala para os ministros da eucaristia e atendimento vocacional. No subsolo, existem três capelas, além de 20 confessionários, a sala dos milagres e os banheiros. A praça em torno do Santuário foi totalmente revitalizada, uma rampa foi construída para facilitar o acesso de pessoas com necessidades especiais e automóveis até a porta principal do templo. No ano de 2006, mas precisamente em 18 de novembro, o Santuário do Divino Pai Eterno recebeu de Roma o título de Basílica Menor, que é um privilégio.
Com isso se iniciou uma nova fase de compromisso, de renovado empenho para que a Basílica continue sendo um lugar de culto divino e expressão sincera da fé e devoção. A última conquista do agora Santuário Basílica do Divino Pai Eterno foi à transmissão das celebrações ao vivo, pela rede local de televisão TV Brasil Central – TBC, aos domingos, e na Rede Vida – Canal da Família as terças, quintas, e sábados.

Praça Constantino Xavier

Revitalizada e com ares de modernidade, a Praça Constantino Xavier está mais funcional e acessível. A estética, o conjunto arquitetônico e o conforto térmico-ambiental também nortearam o projeto. Houve uma humanização de forma tal que os frequentadores podem interagir com os vários ambientes, inclusive com as fontes de água. Pensando no impacto de trânsito, o espaço disponibiliza vagas de estacionamento escamadas ao seu redor.

Carmelo Santíssima Trindade

O Carmelo de Trindade é o primeiro no estado de Goiás. O local é destinado às Irmãs Carmelitas que têm como objetivo de vida permanecer na clausura e praticar a oração. Depois que entraram para a parte de convivência, somente o bispo, padres em casos especiais e profissionais de funções específicas ou socorristas podem entrar. O local é formado por um pátio externo com fonte de água, capela pública e locutórios, divididos por grades para que a população e familiares possam conversar com as irmãs carmelitas. Elas são de oito estados diferentes, que totalizam quatro regiões do Brasil. Ao todo são nove irmãs

 


Solicite uma reserva

Envie-nos uma mensagem com o seu tipo de quarto desejado, data de chegada e o número de noites que você gostaria de reservar, e entraremos em contato com você.

Novidades